RSS Feed

Roteiro. 3º Bimestre.

-“… Nanão filha, o almoço tá no congelador, só pede pra Maria esquen …” – Michelle

– “JÁ ESTAMOS NO AR!!” – voz desconhecida.

– Ah é? … Bom … Boa tarde. – Michelle –

Boa tarde, está no ar mais uma edição do jornal Dom Bosco primeira edição – Camila –

E hoje temos uma entrevista exclusiva com Jane Pereira, a mais nova expert em energias, em geral. – Michelle – É com você, Lucyanna, boa tarde. – Camila

– Boa tarde Eloíza e Luciana, boa tarde a todos os telespectadores. Estou aqui ao lado de Jane Pereira, que vai nos responder algumas perguntas sobre energias. – Ivana * A Maísa aparece*

– Boa tarde Jane, é verdade que podemos converter qualquer tipo de energia, em energia elétrica? – Ivana – Boa tarde, sim, é possível. Tem alguns meios que são mais limpos e sustentáveis, porém, existem também aqueles que poluem e possuem maior custo. – Maísa – Você poderia nos dar exemplos de usinas capazes de gerar eletricidade? – Ivana

– Claro, tem a usina termoelétrica, a hidrelétrica, que é a mais conhecida, também há a geométrica e a nuclear. – Maísa – E qual delas é a melhor, aquela que não agride tanto o meio ambiente? – Ivana

– É a usina hidrelétrica. Essa usina utiliza a água dos rios, ou seja, a água do lago da represa é armazenada em um ponto mais alto, acumulando energia potencial gravitacional. Depois há vários processos de transformação de energia até que, a energia vira elétrica e é conduzida às linhas de distribuição de energia, que segue às nossas residências e estabelecimentos. Essa energia é renovável, porém uma das suas desvantagens, é que, as áreas ao redor dela, ficam alagadas e normalmente a fauna e a flora que antes havia por perto, acabam sumindo. – Maísa –

Ah, certo! Então vamos ver se alguém lá no estúdio tem alguma pergunta para você? – Ivana –

Muito interessante não é Luciana? Você tem alguma pergunta? – Michelle –

Com toda certeza, muito boa a entrevista. Bom, eu tenho uma pergunta sim, Jane, qual seria a energia considerada mais agressora ao meio ambiente? – Camila

– É a energia termoelétrica, por que ela é proveniente da queima de combustíveis fósseis. As usinas termoelétricas prejudicam o meio ambiente, já que liberam enormes quantidades de gases do efeito estufa e ainda podem trazer malefícios ao sistema respiratório de pessoas que moram próximo, das mesmas. – Maísa

 – Então ficamos por aqui, obrigada Jane, pela entrevista! *cumprimentando a Maísa* – É com vocês ai no estúdio. – Ivana.

-E nós aqui do estúdio, separamos algumas dicas ótimas para você possa reduzir substancialmente o consumo de energia da sua casa, contribuindo com o meio ambiente e claro pagar menos na conta mensal. – Michelle

*slides*

Após ver a entrevista, no computador, Taiane, sai de seu quarto e começa a apagar as luzes e aparelhos que não estão sendo utilizados pelo resto da casa.

Já Luana, que depois do término da entrevista, vista em sua televisão, retira ta tomada os cabos de força de aparelhos que não estão sendo utilizados:

-Entrevista interessante, acho que vou aplicar essas dicas na minha casa. * Puxando a tomada* Estou economizando energia elétrica. – Luana

Mariana, na lavanderia:

–  Olá, acabei de ver o jornal Dom Bosco primeira edição e a gente viu como é importante economizar energia. Uma maneira de fazer isso é colocando o maior numero de a que você conseguir na maquina de lavar. Então eu vou por aqui *Colocando as roupas na maquina* Assim você não economiza só enrgia, como também água. – Mariana

 

Música de fundo: http://www.vagalume.com.br/apples-in-stereo/energy.html

Conclusão do trabalho

Existem vários meios de converter qualquer energia em energia elétrica. Alguns são mais limpos e sustentáveis; outros poluem e possuem maior custo. Algumas usinas capazes de gerar eletricidade são: termoelétrica, hidrelétrica, geotérmica e nuclear.

A energia termoelétrica pode ser muito atrativa quando uma região é desprovida de outros recursos que possam ser utilizados para gerar energia elétrica. Uma usina termoelétrica transforma a energia proveniente da queima de combustíveis em elétrica. O combustível, que geralmente é fóssil, quando queimado, esquenta uma caldeira de água, formando vapor, que faz movimentar as turbinas. Estas convertem a energia mecânica em elétrica. Essas usinas prejudicam o meio ambiente, já que emitem enormes quantidades de gases do efeito estufa e ainda podem trazer malefícios ao sistema respiratório de pessoas que moram próximo. Contudo, as termoelétricas são uma opção para aqueles que não usufruem de outras fontes de energia.

A energia hidrelétrica é umas das limpas que existem. A água do lago da represa é armazenada em um ponto mais alto, um reservatório, acumulando energia potencial gravitacional. Quando abertas as comportas, a água passa por um canal e segue para dutos, onde a energia potencial é transformada em cinética. Essa energia movimenta as turbinas, que por sua vez, é transformada em mecânica e transmitida ao gerador. A energia, então, vira elétrica e é conduzida às linhas de distribuição de energia, que segue às residências e estabelecimentos. Após esse processo, o rio segue seu curso normalmente. A energia é renovável, o custo da construção da usina é alto, mas é amortizado a curto período, tornando-se muito rentável. As desvantagens são que várias áreas ao redor são alagadas, a flora e a fauna que antes havia some por completo.

A energia geotérmica é obtida com o calor vindo do centro da Terra. O sistema usado é composto de canos subterrâneos e de uma “bomba de sucção de calor”, para aquecer ou arrefecer um edifício. Uma bomba de sucção de calor é a componente do sistema, a qual necessita de energia elétrica para poder funcionar. Sua função consiste em extrair energia térmica da Terra para um edifício durante o inverno e o contrário acontece durante o verão onde transfere o calor do edifico até uma zona mais fria da Terra, assim mantendo-o fresco. Para tal fato ocorrer, a energia térmica tem de ser transmitida através de um meio líquido contendo uma solução que impede a gelificação da água nos locais onde ela alcança temperaturas baixas. As desvantagens são que o custo é muito alto e a quantidade de energia convertida é pouca.

A energia nuclear é a energia gerada a partir de uma reação nuclear, em processos de transformação de núcleos atômicos. Através de um processo de fissão nuclear, é liberada uma quantidade de calor, que por sua vez, aquece uma caldeira de água. O vapor movimenta as turbinas e, então, converte-se a energia cinética em elétrica. Há alguns aspectos positivos do uso dessa energia: as reservas de energia nuclear são muito maiores que as reservas de combustíveis fósseis, as usinas nucleares possibilitam maior independência energética para os países importadores de petróleo e gás e ela não contribui para o efeito estufa. Por outro lado, há muita polêmica e insegurança sobre as usinas nucleares, devido ao risco de um acidente radioativo ocorrer a qualquer instante, o que seria uma calamidade pública, e também a respeito do destino do lixo radioativo.

 

 

 

Usina termoelétrica

Chegamos à conclusão que, é utilizada uma instalação industrial usada para geração de energia elétricaa partir da energia liberada em forma de calor, normalmente por meio da combustão de algum tipo de combustível renovável ou não renovável. Uma maneira de se aquecer o caldeirão é através da queima de combustíveis fósseis (óleo, carvão, gás natural). Após a queima eles são soltos na atmosfera causando grandes impactos ambientais. Essa energia é transportada por linhas de alta tensão aos centros de consumo. Uma das vantagens desse tipo de instalação é a possibilidade de localização próxima aos centros consumidores, diminuindo a extensão das linhas de transmissão, minimizando as perdas de energia. Porém como todas as usinas, ela também provoca impactos ambientais, contribuindo para o aquecimento global através do efeito estufae da chuva ácida. A queima de gás natural lança na atmosfera grandes quantidades de oxidantes e redutores, que se entrar em contato com o ser humano, pode acarretar doenças. Ou seja, a usina termoelétrica tem vantagens e desvantagens, mas agride menos ao meio ambiente, pois utiliza meios renováveis de geração de energia.

Usina hidrelétrica

Ao analisarmos, vimos que uma usina hidrelétrica é um complexo arquitetônico que tem por finalidade produzir energia elétrica através do aproveitamento do potencial hidráulico existente em um rio. Essa energia apresenta vantagens como, por exemplo: é mais barata do que outras como a energia nuclear e menos agressiva ambientalmente do que a do petróleo ou a do carvão, ela não gera poluição diretamente, há um crescimento de turistas na região, a água é uma fonte renovável por isso não se esgota e proporciona outros usos como irrigação, navegação e amortecimento de cheias. Portanto ela apresenta suas desvantagens podendo causar danos como o alagamento das áreas vizinhas, aumento no nível dos rios; em algumas vezes pode mudar o curso do rio represado, podendo, prejudicar a fauna e a flora da região, geram resíduos nas atividades de manutenção de seus equipamentos. O aumento da construção de usinas, principalmente as hidrelétricas no Brasil, deve-se ao fato da energia ser um fator essencial para o desenvolvimento sócio-econômico de uma nação. Porém, os impactos sócio-ambientais causados por essas normalmente não são visíveis para a sociedade.

Usinas Geotérmicas

Após conferir seus dados, é possível inferir que é uma das energias mais limpas e de pouca poluição se usada de acordo com as normas de segurança. É uma alternativa para aqueles países sem muitos recursos naturais, já que a energia provém do centro da terra, e a temperatura lá embaixo é grande em qualquer parte do planeta. Mas é claro que há danos (por mais que poucos) à natureza. Há a emissão de gazes que são tóxicos aos seres vivos, assim como a água pode vir contaminada com minerais ofensivos à vida natural, por isso não deve ser despejada sem tratamento em rios ou na terra, pois pode contaminar os animais, ou sua comida. Há também uma quantidade de CO2 liberada na atmosfera, mas essa é considerada nula, pois é muito pouca para fazer estragos. Também há a inconveniência do barulho em sua construção, e a possibilidade de “afundamento” das terras. Ou seja, essa prática pode mudar o relevo da região. Mas, em geral, quando comparada aos outros meios de obtenção de energia, é uma prática muito limpa e beneficia que não deixa grandes estragos desde que supervisionada de forma eficiente. Uma maneira muito sustentável para a obtenção de energia, pois não se utiliza de recursos não-renováveis. No Brasil, não há a prática desse tipo de usina, porque já há uma abundância de recursos aqui presentes.

Usinas Nucleares

Após verificarmos o que é usina nuclear, o seu funcionamento, suas vantagens e desvantagens, seus resíduos e seus impactos no meio ambiente, é possível chegar à conclusão de que há certo preconceito quanto à Energia Nuclear, já que há casos na história, como o acidente nuclear em Chernobyl e em Fukushima, que causam reflexão quanto se sua utilização é necessária ou não. Essas usinas têm um sistema de segurança relativamente adequado, que se aperfeiçoa a cada momento com a entrada de novas tecnologias. Por mais estranho que possa parecer, essa energia não é tão prejudicial quanto parece, já que é necessária pouca matéria-prima, e seus resíduos radioativos ficam lacrados e fora de contato com a natureza. Apesar de ainda não se ter descoberto um meio eficiente de armazenamento ou reciclagem desse material, há muito estudos em torno dessa questão. E há até um prazo estipulado de 30 anos para a solução. Contudo, mesmo com a segurança assegurada pela empresa, não há como prever uma catástrofe na natureza, esta que pode, sem dúvida nenhuma, causar danos aos equipamentos e soluções de emergência, e desencadear um desastre nuclear. Devido a essa incapacidade humana de vencer a força na natureza, essa energia torna-se uma bomba sem hora para explodir. Quando e se explodir, toda a área terá de ser evacuada, e permanecer isolada por anos e anos, já que o material radioativo demora milhares de anos para se decompor. Portanto, possuir ou não uma Usina Nuclear em um país fica a critério do mesmo. No Brasil, o risco de acidente nuclear é muito pequeno se comparado às usinas do Japão, pois aqui, o risco de catástrofe ambiental é menor.